Coisas para fazer em
Sevilha

Prepare-se para praças movimentadas, uma extravagante vibe medieval e algumas locações de Game of Thrones na capital da Andaluzia.

Selecione as datas para conferir as atividades disponíveis

Perguntas frequentes sobre o destino Sevilha

Quais são as melhores atrações de Sevilha?

As 10 melhores atrações de Sevilha

Das influências mouras, que trouxeram luz a Andaluzia enquanto o resto da Europa se arrastava pela Idade das Trevas, ao auge do período colonial espanhol e as riquezas trazidas da América, confira todos os períodos áureos da história de Sevilha com um passeio pela cidade.

  • Alcázar de Sevilla

    1. Alcázar de Sevilla

    Estabelecido como um forte em 930 d.C., serviu como residência real dos reis mouros por séculos. Completo com jardins exuberantes, é um requintado exemplo de arquitetura mudéjar.

  • Catedral de Sevilha

    2. Catedral de Sevilha

    A terceira maior igreja do mundo, situada no local onde antes ficava a Mesquita Almohad do século XII. Desde 1898, esta igreja acolhe os restos mortais de Cristóvão Colombo.

  • A Giralda

    3. A Giralda

    Com 104 metros de altura, a torre do sino da catedral era, antes, o minarete original da mesquita. O cata-vento de bronze no topo representa a "fé" desde o século XVI.

  • Torre del Oro

    4. Torre del Oro

    Originalmente coberta de ladrilhos dourados, esta suntuosa "Torre de Ouro", às margens do rio Guadalquivir, abriga o Museu Naval, que retrata a expansão colonial da Espanha nas Américas.

  • Parque María Luisa

    5. Parque María Luisa

    Verde e tranquilo, o extenso parque às margens do rio da cidade foi o coração da Expo Ibero-Americana de 1929. É o local perfeito para relaxar em um dia quente de verão.

  • Plaza de España

    6. Plaza de España

    Construído nos limites do Parque María Luisa para a Expo de 1929, este majestoso complexo em semi-círculo, com alcovas ladrilhadas representando as províncias da Espanha ainda conta com fontes e pequenos canais.

  • Arquivo Geral das Índias

    7. Arquivo Geral das Índias

    Localizado na Casa Lonja de Mercaderes, o arquivo data de 1785 e possui 43.000 registros documentando o colonialismo espanhol nas Américas.

  • Teatro de la Maestranza

    8. Teatro de la Maestranza

    Construído como centro cultural para acolher a Expo de 1992, este teatro recebe, principalmente, óperas e outras apresentações musicais, como operetas espanholas conhecidas como Zarzeulas.

  • 9. Museu de Belas Artes de Sevilha

    Admire obras-primas de artistas famosos, como Zurbarán, Murillo e Goya. Fundado em 1839, este museu acolhe obras de arte da Idade Média ao século XX.

  • 10. Metropol Parasol

    Gerando polêmica em sua inauguração, esta estrutura que se assemelha a uma onda trouxe vida a um bairro desvanecido. A vista do topo proporciona um panorama da cidade, enquanto seu subsolo abriga ruínas mouras e romanas.

Organize sua visita

  • Quantos dias ficar em Sevilha?

    Quatro dias permitirão que você aprecie as atrações de Sevilha sem ter que se apressar. Se você estiver planejando vir durante a primavera para a Feria de Abril, reserve um ou dois dias extras para este grande e animado evento cultural. Para uma semana inesquecível, considere passar a Semana Santa na cidade.

  • Como se locomover pela cidade

    A cidade possui rede de metrô e ônibus em todo lugar, bem como táxis. As principais atrações de Sevilha encontram-se todas a uma curta distância umas das outras. Se você ficar em Triana, ou simplesmente deseja visitar este bairro, as linhas de metrô e ônibus também servem esta região.

  • Em que região se hospedar em Sevilha?

    O bairro de Santa Cruz é bem central e as principais atrações de Sevilha estão bem próximas. O bairro de Arenal também é uma boa opção, assim como o antigo bairro judaico de Triana do outro lado do rio. Não se esqueça de que alguns hotéis exigem um mínimo de uma semana de estada durante a Semana Santa.

Informações Úteis

  • Idioma
    Espanhol
  • Moeda
    EUR (€)
  • Horário local
    UTC (+01:00)
  • Código do país
    +34
  • Melhor época para visitar
    De março a maio, a cidade possui temperaturas confortáveis e mornas, a multidão de turistas ainda não chegou e há alguns festivais incríveis.

Sevilha: Mais Atividades e Atrações Turísticas

Quer descobrir todas as coisas para fazer no destino Sevilha? Clique aqui para ver a lista completa.

Sevilha: Avaliações de outros visitantes

Avaliação geral

4.5 / 5

Com base em 39 396 avaliações

Tivemos muita sorte de ter reservado um passeio de Pablo García Simarro, que foi excelente ao longo deste passeio de 3 horas. Encontrar Pablo no início da turnê não foi tão fácil quanto esperávamos, pois o memorial do ponto de encontro estava extremamente ocupado com muitas outras turnês e um coral coletando para a Ucrânia atraindo um grande público. No entanto, tendo encontrado Pablo com sua pequena bandeira vermelha do GetYourGuide, ele deu a cada um de nós fones de ouvido sem fio e pudemos segui-lo. Pablo nos deu um excelente passeio pelo Alcazar e pela Catedral, que achamos muito interessante. Alguns podem achar o passeio um pouco cansativo, pois é uma longa caminhada pelos prédios e, depois, até a torre da Giralda. Felizmente, a Giralda é acessada por 34 rampas ao redor da torre quadrada e apenas 17 escadas no topo! Após o passeio, Pablo se deu ao trabalho de nos enviar por e-mail ingressos para a Igreja de San Salvador (que está incluído no preço dos ingressos para a Catedral), p

Uma das experiências que mais valeram a pena. Fui com a minha mãe, foi uma aula quase que privada, só estávamos nós e mais uma pessoa, nos deu muita atenção, falou um pouco da história e algumas curiosidades do flamenco, particularmente gosto muito de conhecer a fundo uma cultura se vou viajar a algum país e ali tivemos um pouco de acesso a isso. A aula consiste basicamente em reproduzir uma coreografia completa e fixá-la, a professora demonstrou bastante conhecimento sobre o flamenco, então também é um momento para tirar dúvidas, é uma dança bem difícil para quem nunca teve contato, mas por toda a atenção digo que mesmo que não saiba nada sobre, vale a pena ir e fazer, que seja para se divertir enquanto aprende e vive a cultura flamenca. Há detalhes que fazem toda a diferença numa experiência como essa, o mais marcante foi a atenção que nos foi dada durante e mesmo depois, quando nos mandaram um e-mail com todo o material da aula e recomendações sobre Sevilha.

Um primeiro apontamento prático: As filas são muito grandes! Para nós que tínhamos comprado um bilhete simples, enquanto estávamos na fila, fomos abordados por guias que ofereceram os seus serviços, por 10€ por pessoa. Contratámos e foi uma excelente opção que recomendo!

Passeio muito bem organizado! Fizemos várias paradas com tempo suficiente e chegamos com um timing muito bom também para tirar as fotos do colete. Maria e Maria (guia e motorista) foram excelentes!

Fácil a compra dos bilhetes e mais fácil ainda o acesso posterior à catedral.