Reykjavik

Selecione as datas para conferir as atividades disponíveis

Reykjavik: Atrações Principais

As melhores coisas para fazer em Reykjavik

Reykjavik é uma cidade minúscula e distante, então por que você deveria visitá-la? Bom, para início de conversa, você vai passar por paisagens vulcânicas incomparáveis no mundo, fontes termais revitalizantes e atrações turísticas sem multidões (mas não menos impressionantes). E o melhor: isto é apenas a ponta do iceberg!

  • Museu Nacional da Islândia

    1. Museu Nacional da Islândia

    Este museu, uma verdadeira jornada pela história da Islândia, é fácil de encontrar pelo lago Tjörnin, mas se você precisar pedir orientações, impressione os islandeses falando seu nome local bem simples: Þjóðminjasafn!

  • Perlan

    2. Perlan

    O Perlan é uma espetacular estrutura em forma de cúpula de vidro que abriga a exposição Wonders of Iceland ("Maravilhas da Islândia") e um gêiser artificial. Para completar, em seu topo há um dos melhores restaurantes da cidade. As vistas são tão boas quanto a comida!

  • Igreja de Hallgrímur

    3. Igreja de Hallgrímur

    Com arquitetura inspirada nas formações rochosas vulcânicas da Islândia, a Igreja de Hallgrímur pode ser vista de quase todos os pontos da cidade! Pegue o elevador até seu topo para conferir as melhores vistas de Reykjavik.

  • Harpa - Salão de Concertos e Centro de Conferências de Reykjavik

    4. Harpa - Salão de Concertos e Centro de Conferências de Reykjavik

    Este é o centro cultural de Reykjavik. Além de servir de palco para alguns dos melhores shows da Islândia, o Harpa tornou-se referência de design e arquitetura nórdica!

  • Lagoa Azul

    5. Lagoa Azul

    A Lagoa Azul é um spa termal e centro de bem-estar, famosa por seus tratamentos revigorantes e modernas instalações. Se isto soar muito requintado para você, visite a praia termal de Nauthólsvík em seu lugar.

  • Mercado de Pulgas de Kolaportid

    6. Mercado de Pulgas de Kolaportid

    No antigo porto, você encontrará aperitivos típicos islandeses, como tubarão fermentado, além de roupas vintage, vinis e as bugingangas comuns a mercados de pulga. Leve dinheiro em espécie para evitar filas nos caixas eletrônicos!

  • Vale de Elliðaárdalur

    7. Vale de Elliðaárdalur

    Esta área de lazer nos limites da cidade é parte de uma das excursões mais populares de Reykjavik. O rio Elliðaár, repleto de trutas e salmões, corre entre a flora exuberante.

Organize sua visita

  • Qual a melhor época para visitar?

    Pode ser bem divertido visitar Reykjavik entre junho e agosto devido aos longos dias de verão, mas se você quiser ver a aurora boreal, é melhor ir no inverno. No entanto, lembre-se de que este fenômeno natural é bem difícil de prever. Mas se ele for muito importante para você, aumente suas chances reservando mais dias de viagem e se atualizando diariamente com as previsões meteorológicas.

  • Quanto dias?

    Reykjavik tem muita coisa a oferecer para uma cidade tão pequena. Quantos dias ficar na cidade depende do que você espera da sua viagem. Um final de semana é o suficiente para ver os pontos turísticos da cidade. Contudo, se você deseja aproveitar as espetaculares excursões bate e volta pelas pitorescas regiões próximas, ou mesmo cair de cabeça na vida noturna e cena musical excêntrica da capital, provavelmente nem uma semana será suficiente!

  • É muito caro?

    Reykjavik, assim como a maioria das cidades nórdicas, tem a fama de ser muito cara, e, para uma cidade deste porte, não é de se surpreender. Mas de forma geral, Reykjavik não é mais cara que Londres ou Paris. No mais, é improvável que você seja pego de surpresa com custos extras, e, no final, será um excelente custo-benefício!

Informações Úteis

  • Idioma
    Islandês
  • Moeda
    Coroa Islandesa (ISK)
  • Horário local
    UTC (+00:00)
  • Código do país
    +354
  • Melhor época para visitar
    Verão

Other Sightseeing Options in Reykjavik

Want to discover all there is to do in Reykjavik? Click here for a full list.