Museu de Orsay

Selecione as datas para conferir as atividades disponíveis

Museu de Orsay: Atividades Turísticas e Ingressos

5 obras essenciais do Museu de Orsay

Situado na antiga estação de trem Gare d'Orsay, da qual herdou o nome, o museu foi gradualmente se tornando uma das melhores galerias de arte de Paris – e isso não é pra qualquer um! Aqui estão cinco obras-primas que você não pode perder em sua visita.

  • O Baile no Moulin de la Galette (1876)

    1. O Baile no Moulin de la Galette (1876)

    Retratando uma tarde de domingo em uma Montmartre de outrora, a impressão festiva de Renoir sobre a vida social parisiense é uma das pinturas mais celebradas do impressionismo.

  • O Almoço sobre a Relva (1863)

    2. O Almoço sobre a Relva (1863)

    Inspirado por antigos mestres como Ticiano e Rafael, o magnífico tratamento dado por Manet ao despido gerou controvérsia ao destacar a divisão social entre os gêneros.

  • Natureza Morta com Maçãs e Laranjas (1899)

    3. Natureza Morta com Maçãs e Laranjas (1899)

    A galeria ostenta 56 obras de Cézanne em seu acervo, no entanto, esta composição sobre natureza morta de uma fase mais madura de sua carreira evidencia um artista no auge de suas habilidades, capaz de fazer mágica a partir do mundano!

  • As Respigadeiras (1857)

    4. As Respigadeiras (1857)

    Pode soar estranho agora, mas a pintura de camponesas agachadas à procura de restos de grãos realizada por Millet já foi criticada por retratar de forma solidária as classes mais baixas!

  • Retrato da Mãe do Artista (1871)

    5. Retrato da Mãe do Artista (1871)

    Poucos artistas não franceses possuem obras expostas no Museu de Orsay, e, embora o Van Gogh possa ocupar o 6º, 7º e 8º lugares desta lista, a Mona Lisa vitoriana de James Whistler caiu como uma luva!

Organize sua visita

  • Quanto tempo passar no museu?

    Como o Museu de Orsay é enorme, não dá para enrolar. Se você conta com apenas 3 ou 4 horas para visitá-lo, explore a ala impressionista. Do contrário, não espere ver tudo em um dia!

  • Quando visitar o museu?

    O horário de funcionamento do Museu de Orsay é de 9h às 18h, exceto às quintas-feiras, dia em que fica aberto até as 21h45. O museu encontra-se fechado às segundas-feiras e nos dias 1º de maio e 25 de dezembro. Chegue o mais cedo possível e considere reservar seu ingresso on-line para evitar as longas filas. Caso esteja planejando visitá-lo com um grupo grande, a reserva é obrigatória.

Informações Úteis

  • Quando visitar?
    9h às 18h; aberto até as 21h45 às quintas-feiras; fechado às segundas-feiras, 1º de maio e dia de Natal.
  • Quanto custa?
    Ingressos a partir de €11; pacotes e descontos disponíveis.
  • É preciso visitar com um guia?
    Será, certamente, muito útil. Vale a pena dar uma conferida em nossas excursões mais vendidas.
  • Como chegar
    Pegue a linha 12 do metrô até Solférino, a linha C do RER até Musée d'Orsay ou os ônibus das linhas 24, 63, 68, 69, 73, 83, 84, 94.
  • Mais dicas

    • Serviço de chapelaria gratuito disponível mas não recomendável para itens grandes ou valiosos.

    • Todos os visitantes deverão passar pelo controle de segurança na entrada.

Museu de Orsay: Mais Atividades e Atrações Turísticas

Quer descobrir todas as coisas para fazer no destino Museu de Orsay? Clique aqui para ver a lista completa.

Museu de Orsay: Avaliações de outros visitantes

Avaliação geral

4.5 / 5

Com base em 8929 avaliações

Única coisa que não fiquei muito atento foi de reservar os horários… muitos passeios requer uma pré reserva. Lógico que culpa minha Porém só para deixar aqui uma dica E na Torre só dá direito a visita pela escada. Elevador tivemos que pagar mais 17 Euros cada um para subir pelo elevador.

Não recebi o código de barras no e-mail. Foi capaz de ser organizado no ponto de embarque no Louvre sem ses e mas no escritório por um funcionário amigável. Infelizmente apenas uma rota servida no momento. Mas foi o suficiente para nós.

Embarque descomplicado na parada de sua escolha e digitalização do código do bilhete. Guia de áudio disponível em vários idiomas com fones de ouvido. Entre e saia quando quiser ao longo do dia e explore os lugares favoritos.

Graças ao aplicativo, comprei ingressos para a entrada do Louvre e um cruzeiro de 1 hora no Sena. Conveniente e prático.

Os parques são pequenos e dá para conhecer em um dia.